Vale do Itajaí

Prefeitura estuda implantar 50 novas faixas elevadas ainda em 2022

A Prefeitura de Blumenau, por meio da Secretaria de Planejamento Urbano (Seplan) e da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), elabora uma licitação para a contratação de 50 novas faixas elevadas para o município. A ideia é contemplar mais 19 bairros da cidade, além dos já contemplados em 2020 com a primeira etapa do que será a implantação total de 150 travessias elevadas.

divulgacaoblumenau - Prefeitura estuda implantar 50 novas faixas elevadas ainda em 2022

O edital de contratação ainda está em elaboração, mas deve ser lançado nas próximas semanas com um investimento de quase R$ 2 milhões.

O prefeito Mário Hildebrandt explica que a implantação das faixas faz parte de um projeto de engenharia viária que visa a segurança de pedestres e motoristas de Blumenau. “Nossa missão, enquanto gestão, é cuidar das pessoas e queremos fazer isso também no trânsito, garantindo um espaço de respeito e segurança. Após a execução dessa segunda etapa, outras 50 travessias devem ser licitadas e implantadas nos próximos anos”.

A SMTT também ressalta que está trabalhando para dar agilidade nos processos.“Além desta, outras licitações estão em andamento como o estudo para controladores de velocidade e sistema automatizado de fiscalização de avanço de sinal nas vias. Juntos os investimentos criam um sistema de controle e segurança ainda maior para o nosso município” ressalta Alexandro Fernandes, secretário da SMTT.

Confira abaixo a lista de ruas que devem ser beneficiadas com a etapa em 2022:

– Rua Água Branca, no bairro Água Verde – nª 726;
– Rua Alice Ferreira dos Santos, no Badenfurt – próximo da EBM Paulina Wagner;
– Rua Bruno Schreiber, no Progresso – na altura do número 1.410;
– Rua Carl Heinz Buechler, Garcia – nº 171;
– Rua Divinópolis, bairro Velha Central – nos números 677 e 999;
– Rua Emílio Tallmann, no Progresso – nº 525, 711 e 1.795;
– Rua Gustavo Budag, Velha – nº 283;
– Rua Hermann Hering, bairro Bom Retiro – no número 813;
– Rua Johann Ohf, Velha Central, nos números 636, 1.445 e 2.786;
– Rua José Deeke, Escola Agrícola – próximo aos números 660 e 983;
– Rua Pandiá Calógeras, Jardim Blumenau, 272;
– Rua Progresso, no Progresso – números 1.667, 3.461 e 3.915;
– Rua Santa Maria, Progresso – 645 e 317;
– Rua Victor Hering, no Bom Retiro – nº 2;
– Rua Sete de Maio, na Itoupava Norte – nº 179;
– Rua Água Branca, Velha – nº 1.224;
– Rua Antônio Zendron, Valparaíso – nº 625;
– Rua Bruno Hering, Bom Retiro – na altura do número 1.790;
– Rua Capinzal, Garcia – nº 126;
– Rua Glória, bairro Glória, 1.993;
– Rua Francisco Vahldieck, Fortaleza Alta – 4.420 e 4.630;
– Rua Franz Muller, Velha Grande – 725;
– Rua Garopaba, Velha – nº 213;
– Rua Heinrich Hemmer, no Badenfurt – números 1.583 e 2.773;
– Rua Henrique Bennertz, na Itoupava Norte – 214;
– Rua Itororó, Velha Central – nº 95;
– Rua Johann G. H. Hadlich, Passo Manso – 560;
– Rua Johann Sachse, Salto do Norte – nº 2.482 e 2.033;
– Rua Júlio Michel, Fortaleza – 136;
– Rua Luiz Eleodoro da Silva, Ponta Aguda – nº 438;
– Rua Pastor Oswaldo Hesse, Ribeirão Fresco – nº 629;
– Rua Prof. Max Humpl, no bairro Salto do Norte – 1.593;
– Rua Rui Barbosa, Progresso – 92 e 500;
– Rua Santa Fé, Ponta Aguda, nº 66;
– Rua Siderópolis, Itoupava Norte – 150;
– Rua Uberaba, na Velha – 99;
– Rua Zenaide Santos de Souza, bairro Velha – nº 120.

Prefeitura de Blumenau contabiliza casquinhas da Osterbaum do Parque Ramiro Ruediger

Com o fim da Páscoa em Blumenau, chegou o momento de desmontar a decoração que encantou turistas e moradores durante um mês. Mas antes disso, a Prefeitura de Blumenau, por meio da Secretaria de Turismo e Lazer, contabilizou quantas casquinhas artificiais a Osterbaum montada no Parque Ramiro Ruediger, que foi uma das principais atrações do evento, tinha em sua estrutura. Com a audição, foram contabilizadas 140.478 mil casquinhas.

osterbaum - Prefeitura de Blumenau contabiliza casquinhas da Osterbaum do Parque Ramiro Ruediger
Páscoa em Blumenau atrai turistas de todo o Brasil12

Na árvore foram colocadas 140.478 mil casquinhas e as demais, que faziam parte da licitação, não foram dispostas, pois houve quebra de alguns galhos durante o translado. Com isso, faltou espaço para o restante das casquinhas, que foram guardadas no acervo decorativo do Parque Vila Germânica. Com o número oficial divulgado, a Prefeitura submeteu as informações ao Guinness World Records, o livro dos recordes mundiais, para obter o reconhecimento como a Osterbaum com maior número de casquinhas artificiais.

A contagem foi feita pela Rank Brasil, empresa curitibana especializada em registrar recordes nacionais e que está há 22 anos no mercado. Após a constatação da Rank Brasil, a Osterbaum de Blumenau se juntou a outros recordes brasileiros que podem ser encontrados no site oficial da empresa.

A fiscal da equipe responsável pela contagem, Elisângela Arruda, conta que vários recordes inusitados já foram catalogados, como o nascimento com o maior número de tartarugas, pessoa que mais tempo ficou dançando, mais tempo empinando bicicleta, entre outros. “A prefeitura nos acionou e a contagem levou cinco dias, pois foi necessário contar uma por uma para oficializar o número total”, completa.

“Essa contagem é essencial para recebermos o título de árvore com o maior número de casquinhas artificiais oficialmente. Com a validação da Rank Brasil e, posteriormente do Guinness, podemos divulgar esse título, atraindo turistas de outros lugares e impulsionando a Páscoa em Blumenau como um grande evento do calendário de Páscoa. Com isso, em conjunto com Pomerode, estamos nos consolidando como o principal destino temático de Páscoa do Brasil.”, comenta o secretário de Turismo e Lazer, Marcelo Greuel.

O prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt, comenta que se vier o reconhecimento do Guinness, isso vai coroar todo o esforço de um trabalho que a cidade vem fazendo para promover um grande evento de Páscoa. “Blumenau nunca mediu esforços para organizar um evento de excelência, a Páscoa em Blumenau 2022 é o mais recente exemplo disso. Foi um grande presente para a população da cidade e também para os visitantes que aqui passaram”, completa.

É importante ressaltar que a proposta da Osterbaum de Blumenau se difere da árvore de Páscoa de Pomerode, que também é montada na mesma época do ano. A Osterbaum da cidade vizinha possui casquinhas naturais e pintadas artesanalmente, ao contrário das de Blumenau, que são artificiais.

Blumenau abre licitação para cervejarias artesanais na Oktoberfest

A Prefeitura de Blumenau, por meio do Parque Vila Germânica, publica nesta sexta-feira, dia 6, o edital de licitação para escolher as cervejarias artesanais que vão participar da 37ª Oktoberfest e da 15ª Sommerfest. Serão sete pontos de comercialização disponíveis e neste ano haverá novidades, como a obrigatoriedade da venda de chope e/ou cerveja sem álcool e o terceiro tipo de chope.

daniel zimmermann oktoberfest - Blumenau abre licitação para cervejarias artesanais na Oktoberfest
Prefeitura lança licitação para cervejarias artesanais da Oktoberfest Blumenau

Esta exigência vem ao encontro do trabalho de conscientização ao consumo de álcool que já vem sendo adotado em edições anteriores da festa, como a Vila Segura, que tem o objetivo de alertar o público sobre a perigosa mistura entre álcool e direção. “Estamos oportunizando que os visitantes tenham a possibilidade de tomar um chope de qualidade, mas sem álcool. Além disso, seguiremos com o repasse de 1% do valor bruto obtido com a venda de bebida alcoólica na Oktoberfest para o Fundo Municipal para Ações de Políticas Públicas sobre Drogas (Fremad)”, reforça o presidente do Parque Vila Germânica, Marcelo Greuel.

Para disponibilizar chope e/ou cerveja sem álcool nos estandes, a bebida deve ser produzida pela própria contratada, por cervejarias artesanais com sede e produção nos municípios que pertencem a Associação de Municípios do Vale Europeu (AMVE), ou adquiridas junto à cervejaria oficial da festa.

De acordo com o Prefeito Mário Hildebrandt essa é mais uma etapa na mudança de perfil construída ao longo das últimas edições da festa. “O perfil da Oktoberfest vem se transformando e o consumo do chope como produto e harmonização com a culinária típica faz parte disso. Incluir o chope sem álcool ofertado pelas cervejarias artesanais é parte dessa mudança, uma vez que entendemos que a missão da festa é também a de conscientizar e oportunizar experiências de qualidade para todos os que frequentam a maior festa alemã das Américas”, destaca.

A regra sobre cada cervejaria poder adquirir somente um ponto de venda dentro do Parque Vila Germânica segue valendo. Porém, caso não haja interessados em algum dos sete pontos ofertados, as cervejarias concorrentes poderão arrematar um ponto adicional, seguindo o critério da melhor oferta. Este ponto adicional obrigatoriamente não poderá ser no mesmo setor do evento. Os envelopes com as propostas serão abertos no dia 23 de maio, às 9h.

Chope Premium

Blumenau, como Capital Nacional da Cerveja, notoriamente é conhecida pela diversidade de bebidas produzidas com a base de água, malte e lúpulo. As inúmeras possibilidades de sabores e estilos trazem uma experiência diferenciada aos apreciadores da bebida.

A partir de 2013, o chope disponibilizado na festa foi segmentado entre pilsen e especial, com isso, o público teve mais clareza sobre a diferença entre os estilos. Para se ter uma ideia do sucesso, em 2018, o consumo do chope especial chegou a marca de 40% do total e no ano seguinte a 35%, evidenciando o potencial de público que busca um produto diferenciado e exclusivo.

Pensando nisso, a Oktoberfest traz para o evento um terceiro tipo de chope, com produtos sazonais e diferenciados, para que o visitante tenha uma imersão no mundo cervejeiro e conheça novos estilos, além de ser uma grande vitrine para as cervejarias artesanais. Para o diretor da Escola Superior de Cerveja e Malte, Carlo Enrico Bressiani, é perceptível uma mudança no paladar do público, isso desde que as especiais entraram na festa.

“O paladar do consumidor está em evolução, assim como as cervejarias que estão buscando criar novos produtos. Com esta nova modalidade na festa teremos uma bebida mais diferenciada, com vários tipos de fermentação e sabores. É fundamental que a Oktoberfest esteja acompanhando esta tendência do mercado”, finaliza Bressiani.

Mais pontos de venda de bebidas não alcoólicas

Como forma de oportunizar mais pontos de vendas de bebidas não alcoólicas, como refrigerante, suco e água, as cervejarias artesanais também poderão comercializar esses produtos. Para isso, será necessário que as empresas adquiram as bebidas da cervejaria oficial da 37ª Oktoberfest e da 15ª Sommerfest.

“Este movimento visa propiciar mais agilidade na compra dessas bebidas por parte do visitante. Até então, a pessoa precisaria ir a dois lugares para adquirir um chope e uma água, por exemplo. Agora, poderá ter tudo à disposição no mesmo ponto de venda de sua escolha”, destaca Marcelo Greuel.

O que fazer em Pomerode /SC

Pomerode SC

Pomerode é considerado a cidade mais Alemã do Brasil e se encontra no estado de Santa Catarina, e na microrregião de Blumenau. Isso se dá pelo fato de a maioria dos habitantes serem descendentes diretos dos Alemães.

A cidade é uma das mais belas do Brasil, e um das mais visitadas. A cidade tem casas em estilo Alemão, comidas típicas, músicas tradicionalistas, e uma cultura muito peculiar. Os Pomeranos se orgulham de suas origens, e gostam de apresentar aos turistas tudo sobre seu povo.

A cidade conta com vários pontos turísticos interessantes de se visitar, e muita gostosa para experimentar. Quando você estiver passeando no Sul, não deixe de conhecer a cidade de Pomerode e seus simpáticos habitantes. Veja abaixo o que se conhecer nessa cidade:

Rota da cerveja

Todo mundo sabe que quando se trata de cerveja, as Alemãs são as melhores. Em 1516, foi criada na cidade a lei da pureza (Reinheitsgebot), onde as cervejas são feitas apenas de água, malte e lúpulo e com um toque especial que fazem as bebidas serem saborosas.

A rota da cerveja é onde existem várias cervejarias que são fabricadas de modo artesanal, e você pode degustá-las de forma gratuita. Ao passear nessa rota, passe pela cervejaria Shornstein, que significa chaminé em Alemão.

Esse estabelecimento é a mais famosa no ramo de cervejas da região. Você pode conhecer a fábrica, e tomar da bebida retirada direto de tanques, e ainda saboreá-las junto com petiscos deliciosos. Você pode visitar a fábrica de quarta a sexta a partira das 17:30h e aos sábados a partir das 11:30h.

Ainda nessa parte de bebidas alcoólicas, você pode visitar vinícolas e degustar bons vinhos e espumantes também feitos de forma artesanal. Os turistas podem acompanhar a produção de vinhos, e em algumas épocas do ano, acompanhar a colheita das uvas.

Zoológico de Pomerode

Se você pensa que o zoológico dessa cidade é apenas mais um, você está enganado. O lugar conta com animais dos mais diferentes como o elefante asiático, o macaco japonês, o puma, e o tigre siberiano.

O ingresso do zoológico é de 35,00 para adultos, variando de preço para crianças, estudantes e grupos organizados. Apesar do valor, vale à pena a visitação, pois, há cerca de 1.300 animais, divididos em 225 espécies, espalhados em 46 mil metros quadrados.  O zoo está aberto para visitação todos os dias da 8:00 as 18:00.

Portal Turístico Sul

Portal turistico sul

Esse portal se encontra na entrada da cidade, e foi construído com o objetivo de dar boas vindas aos visitantes dessa cidade. Lá você pode conhecer sobre a história de Pomerode, e ainda tirar fotos com roupas típicas alemãs, também comprar artesanatos e ainda alugar uma bicicleta para passear na cidade.

Eventos

No geral, a região do sul é conhecida pelos seus muitos eventos anuais.  A mais famosa da cidade é a festa Pomerana, realizada no verão no mês de Janeiro. São 11 dias de muita festa, comidas típicas, músicas e danças.

Uma das partes mais interessantes de se ver dessa festividade são os desfiles diários que ocorrem pela cidade. Essa festa foi criada para se comemorar a emancipação da cidade, e é uma excelente oportunidade para se conhecer tudo sobre a cultura Pomerode.

Outra festa muito conhecida é o festival gastronômico que acontece no inverno, no mês de julho, no parque municipal de eventos, que fica conhecia como vila gastronômica. São oferecidos dos mais variados cardápios, com destaque, é claro para as comidas tradionais Alemãs.

Além desses pontos turísticos, ainda há muito o que se ver, como por exemplo, o centro histórico, o parque educativo vila encantada, o museu pomerano, e ainda curtir vários shows que são oferecidos durante todo o ano.

Vai visitar Blumenau? Conheça quatro atrações imperdíveis

Já pensou em visitar a cidade de Blumenau, em Santa Caterina? O município possui atrações imperdíveis, que vão além da sua tradicional Oktoberfest – realizada no mês de outubro. A cidade catarinense tem opções de museus, parques naturais, compras e muitos mais.

A região possui fortes traços oriundos da colonização alemã, o que influencia fortemente sua arquitetura e gastronomia. Se estiver planejamento uma viagem para lá, conheça quatro dos melhores pontos turísticos para ir.

 

Confira abaixo as 4 Atrações imperdíveis!

1- Museu da cerveja:

A cidade de Blumenau é muito conhecida em virtude dos seus chopps e por ser sede da Eisenbahn. Por isso, nada mais justo que uma das suas atrações turísticas ser um museu da cerveja. O Museu da cerveja possui uma exposição que conta toda a história da bebida, explicando inclusive todo o processo de fabricação. Além disso, o local também conta com um espaço reservado exclusivamente para exibição de objetos variados referentes à cerveja e amostras de lúpulo e malte escuro e claro.

museu da cerveja - Vai visitar Blumenau? Conheça quatro atrações imperdíveis

2 – Parque aquático Portal do Sol:

O parque aquático é super indicado para quem pretende visitar Blumenau durante o verão, pois é o tipo de passeio que agrada todos da família. Ele possui piscinas destinadas tanto para crianças quanto para adultos. Para o almoço, há infraestrutura para preparar churrasco ou, para quem não deseja ter trabalho nas férias, lanchonetes e restaurantes.

01 b - Vai visitar Blumenau? Conheça quatro atrações imperdíveis

 

3 – Vila Itoupava:

Um pouco afastada do centro da cidade, a Vila Itoupava guarda um pouco das características da colonização alemã, em virtude das suas construções e dos costumes dos moradores. Ela é cerca mor vales e morros, que lhe garantem um visual único e inesquecível. O local é ideal para que deseja conhecer a cultura germânica e ainda degustar comidinhas caseiras.

vila itoupava blumenas SC - Vai visitar Blumenau? Conheça quatro atrações imperdíveis

4 – Parque da Vila Germânica:

A Vila Germânica é o ponto turístico mais famoso da cidade e uma parada obrigatória para quem visita Blumenau. Apesar de aberta o ano inteiro é nela que é realizada a Oktoberfest, durante o mês de outubro. No espaço, os turistas podem encontrar locais com comidas típicas, cervejarias e artesanato. As lembranças mais compradas pelos turistas são os canecos de chopp e as roupas típicas alemãs.

Vila Germânica Blumenau - Vai visitar Blumenau? Conheça quatro atrações imperdíveis

 

Gostou?

O que você acha de acompanhar o roteiro criado pelo Diego Cabraitz Arena do site umaviagemdiferente.com? Ele passou pela cidade de Blumenau e fez seus comentários! Clique aqui para ver.